Confederação Brasileira de Vela anuncia Copa Brasil de Vela 2023

A raia de Ilhabela (SP) estará agitada entre os dias 9 a 14 de outubro. Com organização da CBVela – Confederação Brasileira de Vela, a Copa Brasil 2023 terá nove classes participantes e regatas que servirão como vaga na seleção brasileira para o Mundial da Juventude 2023.

As classes participantes serão ILCA 6, ILCA 7, ILCA 4, Dingue, IQFoil, 420, 29er e Optimist.

Os velejadores de iQFOil terão regatas valendo o título do Brasileiro Interclubes, apoiado pelo CBC – Comitê Brasileiro de Clubes, e disputas visando a participação no Mundial da Juventude, que será realizado entre 8 a 16 de dezembro.

Segundo Walter Boddener, Gerente da CBVela e Juiz Nacional de Vela, o campeonato terá um alto nível técnico por reunir os melhores velejadores do Brasil, mas também terá a presença de jovens em busca de evolução na modalidade.

“É um evento de grande importância para clubes, atletas e CBVela! A competição proporciona regatas de alto nível entre os atletas de todas as classes. Esperamos um alto nível nas regatas, que prometem ser acirradas e com pódio sendo decidido nos detalhes”, explicou.

“O evento terá apoio do CBC e da Prefeitura de Ilhabela. Além da disputa por medalhas e vaga no Mundial da Juventude, a competição também visa a formação dos atletas, como na classe Optimist. Acreditamos que é uma ótima oportunidade dos jovens mostrarem o aprendizado nos treinos, trabalho dos técnicos e velejo em campeonato nacionais”, finalizou.

Vale lembrar que a Copa Brasil 2018 formou a equipe brasileira que participou do Pan-Americana de Lima, no Peru. Desta vez, os participantes terão a responsabilidade de aquecer o Time Brasil rumo ao Mundial de Juventude 2023.

Apoio à vela Jovem

A vela brasileira tem como destaque o Núcleo de Base do programa da Confederação Brasileira de Vela – CBVela junto ao Ministério do Esporte pelo Convênio 920223/2022.

O projeto ajuda no fomento à modalidade desde o ano passado. Sede da Rio 2016 e de outros grandes eventos da vela, a Marina da Glória, na capital fluminense, recebe adolescentes entre 13 e 17 anos para treinos visando eventos nacionais e internacionais da Vela Jovem. Outros campings de treinamento foram realizados no Clube Naval Charitas, em Niterói (RJ).

O trabalho leva jovens atletas a se aperfeiçoarem na modalidade, com o propósito de levá-los ao alto-rendimento, incluindo participações em classes olímpicas e pan-americanas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui