Como ter um Controle de Gastos? É mais importante do que parece!

A pandemia de 2020 mostrou pra uma boa parte das pessoas o quanto controlar o quanto se gasta é importante! Seja pra eventuais emergências do dia a dia, ou por causa de uma pandemia, e até pra conseguir comprar o que a gente quer. É sempre importante saber o seu “fluxo de caixa”, até porque, você é um adulto agora, né? (Sim, é difícil, eu sei…)

Pra começar, um controle de gastos é uma forma de organizar suas despesas e fazer uma somatória delas, pra entender melhor para onde seu dinheiro está indo. Mas não se preocupe: não existe uma única maneira de fazer isso. O mais importante de tudo é que esse controle esteja sempre presente na sua vida financeira.

Vamos no passo a passo? O passo mais importante é LISTAR! E aí, você pode seguir essa ordem:
– As suas despesas fixas como: internet e aluguel.
– Todas as despesas fixas variáveis: conta de luz, de água, compras do mês.
– Todas as despesas parceladas.
– Quanto quer deixar disponível para gastar com: lazer, mimos, comida.
– Se possível (e se quiser), quanto daria pra colocar numa reserva mensal.
Aí, é só fazer as contas dentro do seu orçamento e passar a atualizar os gastos numa planilha, aplicativo, ou até um caderninho. No Google, tem vários modelos de planilhas prontos pra baixar.

Outros passos que você pode seguir são:
Mapeie os gastos dos últimos meses:
Para isso, você pode usar o extrato bancário dos últimos meses e das notinhas do cartão de crédito. Some as despesas de cada categoria que você listou, e já dá pra começar a ter uma ideia melhor de como você está gastando seu suado dinheirinho.

Também é muito importante comparar os gastos mensais com a sua renda mensal e criar metas de gastos que não extrapolem a sua renda. Usar o cheque especial parece ser uma boa ideia, mas é cilada!

Mudar alguns comportamentos e pensamentos compulsivos/consumistas é essencial pra dar certo! Faça uma análise: “Por que eu gastei mais do que planejei?”, “Será que consigo reduzir essa despesa?”, “Comprar coisa x ou y é muito importante pra mim?”.

Por último, mas não menos importante: acompanhe o seu desenvolvimento. Desse jeito, você consegue descobrir se os objetivos criados fazem sentido, ver os resultados e rever seu planejamento, caso precise. E lembre que controlar as finanças é uma questão de definir prioridades.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui